Toxina botulínica

Toxina botulínica

Hoje vamos falar um pouco sobre um assunto sempre muito questionado no consultório: a toxina botulínica.

É usada desde 1980 para tratar uma série de doenças neurológicas, ortopédicas e oftalmológicas. Os dermatologistas usam com fins cosméticos desde 1987 e, também, para tratar o suor excessivo das axilas e das mãos (hiperhidrose). A toxina botulínica é uma substancia que atua impedindo a contração dos músculos causadores das rugas de expressão. Com a interrupção da contração, ocorre o relaxamento muscular e as rugas se atenuam.

A toxina botulínica é indicada, na dermatologia, para tratar:

  • rugas de expressão (entre as sobrancelhas, pés de galinha , linhas na testa),
  • rugas no pescoço, também chamadas de “pescoço de peru” ,
  • rugas no lábio superior (“código de barras”),
  • suor excessivo nas axilas e mãos (hiper hidrose).

Geralmente não há uma idade para iniciar o uso da toxina (lógico que crianças e adolescentes estão excluídos), o que existe é a boa indicação, isto é, se você usa muito os músculos faciais e têm as rugas de expressão, aquelas ruguinhas que aparecem quando você sorri, ou leva um susto ou fica brava, você pode ter uma indicação de toxina botulínica para atenuar estas rugas. Também se as suas rugas já estão muito visíveis mesmo sem você se expressar, o que chamamos de rugas estáticas, a toxina pode não ser uma boa opção para você.

O tratamento é feito injetando-se superficialmente pequenas quantidades da toxina diretamente nos músculos que se quer relaxar. O procedimento é bem tolerado causando uma leve sensação de ardor e demora apenas alguns minutos, não havendo período de recuperação prolongado. Pessoas com maior sensibilidade podem usar pomadas anestésicas para diminuir a dor.

O efeito da toxina botulínica demora de 3 a 7 dias para aparecer e dura por volta de 4 meses (pode variar). Ele diminui aos poucos e, após vários, meses a pele volta a ter o aspecto que tinha antes de ser tratada. O tempo da reaplicação varia conforme o paciente. Após tratamentos repetidos o músculo tratado pode perder sua força, por isso os resultados são cada vez mais duradouros.

Alguns cuidados antes/depois da aplicação:

  • Não deitar ou abaixar a cabeça por 4 horas depois da aplicação. Após este período se for dormir a cabeça deve ficar ligeiramente elevada
  • Evitar massagens, limpeza de pele ou outros movimentos de pressão no rosto durante 3 dias.
  • Não há restrição em relação a exposição solar após a aplicação de toxina botulínica, a não ser quando surge um hematoma.
  • A área tratada não deve ser exposta a frio ou calor intenso, assim compressas quentes ou geladas são contra indicadas
  • Não usar cosméticos e produtos dermatológicos um dia antes e um dia após à aplicação. O uso de maquiagem pode ser feito na manha seguinte a aplicação
  • Evitar esforços físicos por um período de 24 horas
  • Evitar tomar Aspirina (ácido acetil salicílico) ou antiinflamatórios por 3 dias antes da aplicação para diminuir o risco de hematomas
  • Após a aplicação não há restrições ao retorno das atividades habituais

Efeitos indesejados:

  • Inchaço, vermelhidão e uma leve dor no local da aplicação que costumam desaparecer espontaneamente em 24 a 48 horas
  • Hematoma
  • Dor de cabeça por algumas horas que pode ser tratada com analgésicos comuns

Curiosidades

  • A toxina botulínica não é usada para aumentar o volume dos lábios e nem tratar o “bigode chinês”. Ela age apenas atenuando rugas de expressão.
  • A toxina botulínica pode ser usada em combinação com outros procedimentos cosméticos como peelings, laser e preenchimentos, alcançando resultados ainda melhores.
  • O tratamento com toxina botulínica não causa botulismo. Essa doença grave ocorre quando a pessoa ingere, de forma não controlada, grandes quantidades da toxina virgem, que não foi processada em laboratório.
  • O médico dermatologista é apto para realizar o procedimento com conhecimento e segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *