Microagulhamento para tratar queda de cabelo

Microagulhamento para tratar queda de cabelo

Atualmente, um assunto com grande repercussão nos Congressos Dermatológicos é o tratamento para alopecia através do Microagulhamento associado a aplicação de ativos específicos (Drug Delivery), além do uso complementar do laser de baixa intensidade (Led).

O tratamento capilar é de grande importância tanto para conter a progressão da alopecia como para diminuir a queda de cabelo.

A Importância do Diagnóstico

A queda de cabelo (alopecia) é uma das causas mais comuns de consulta ao médico dermatologista.

Existem tipos diferentes de queda de cabelo: calvície (alopecia androgenetica), por causas externas, chamada efluveo telógeno (pós-parto, anemia, distúrbio nutricional, emagrecimento, stress, doenças inflamatórias crônicas, entre outras). Pode ser também localizada, como exemplo a alopecia areata e a micose no couro cabeludo. O uso excessivo de produtos químicos ou cosméticos inadequados pode provocar quebras nos fios dos cabelos e consequentemente queda.

Cada tipo de alopecia tem sua causa e tratamento próprios, desta forma é importante realizar uma correta avaliação com o médico dermatologista antes de iniciar qualquer tipo de tratamento.

Para um tratamento adequado, o correto diagnóstico da queda de cabelos é essencial. Muitas vezes o exame clínico é suficiente, mas em alguns casos o médico dermatologista pode solicitar outros exames para auxiliar o diagnóstico.

Microagulhamento e Drug Delivery: mais uma ótima opção para o tratamento da queda de cabelo

O microagulhamento consiste em pequenas perfurações realizadas no couro cabeludo previamente anestesiado. O objetivo é estimular o local a produzir novos fios. A técnica também auxilia e potencializa a absorção dos ativos específicos que são aplicados durante e após o tratamento, conhecido como drug delivery.

Mas de que forma o microagulhamento contribui para estimular o crescimento dos cabelos?

O segredo está nos pequenos traumas causados pelas microagulhas, que resultam em uma melhor circulação no couro cabeludo, liberando fatores de crescimento que, por sua vez, estimulam o crescimento capilar.

Após a realização do procedimento o resultado pode ser potencializado quando o paciente é submetido ao tratamento com feixes de luz vermelha e infra vermelha (LED).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *